• 11 4306-5904
  • 11 4306-8668
  • 11 9380-31628

Bariloche

Pacotes para Bariloche

Bariloche é repleta de belezas naturais, conhecida como destino para prática de esqui e porta de entrada para a Patagônia Argentina. Em meio a bosques, belas montanhas cobertas de neve e os lagos cristalinos na província do Rio Negro, esse incrível destino se encontra a, aproximadamente, quatro horas e meia de voo saindo de São Paulo. Além das várias opções para se curtir na neve, a cidade conta com bares, cassino, casas noturnas, boa gastronomia em seus restaurantes e, nos períodos sem neve, atividades ao ar livre.

Com um pacote para Bariloche são várias as opções de lazer e que vale muito a pena pela experiência com a neve e os diversos esportes que podem ser praticados.

Solicitar Orçamento Fale com um de nossos especialistas!

O que fazer em Bariloche?

Bariloche é tanto para quem curte aventuras e prática de esportes, como para quem procura paisagens únicas e ama a natureza. As opções vão das mais radicais às mais tranquilas.

 

  • Cerro Catedral: nesta montanha se encontra o maior complexo de esportes na neve da América do Sul, com a pista de esqui mais antiga e tradicional da região de Bariloche com 70km de pistas em vários graus de dificuldade. É possível aproveitar outras atividades como moto de neve, snowboard, trenós e o bondinho. Além disso, um pequeno shopping, restaurantes, chocolaterias e lojas podem ser encontrados por lá. No verão, caminhadas e escalada são algumas das opções. Ou seja, a atração de Cerro Catedral é ideal para o ano todo.
 
  • Cerro Otto: a 5km do Centro de Bariloche você embarca no teleférico de Cerro Otto e tem uma incrível vista panorâmica da região, além de provar algumas delícias como tortas, bolos, chocolates, cafés e chás na confeitaria giratória, que leva cerca de 20 minutos para dar uma volta completa e os visitantes contemplarem toda a vista ao redor.

 
  • Cerro Tronador: localizado no Parque Nacional Nahuel Huapi, o visitante tem uma vista deslumbrante dos lagos, do Vale Vuriloches, de bosques e da famosa geleira Ventisquero Negro, uma das poucas geleiras negras do mundo.

  • Centro Cívico: é um ponto turístico e, também, de partida para vários passeios da região. Com características arquitetônicas das regiões montanhosas da Europa, inaugurado em 1940, concentra prédios administrativos da polícia, correios, museus e a prefeitura.
 
  • Villa La Angostura: essa pequena cidadezinha nos pés da Cordilheira dos Andes é rodeada pela floresta nativa, rios e lagos, com opções de atividades culturais e esportivas. Passando por lugares como o porto, a residência histórica presidencial de El Mesidor, a lagoa Selva Triste, a Capela de Asunción e um centrinho com lojas de chocolate e suvenir. Na base do Cerro Bayo se encontra o centro de esqui da Villa La Angostura.

 
  • Ilha Victoria e Bosques de Arrayanes: esta é a ilha mais extensa do lago Nahuel Huapi e conta com um teleférico que vai até o cume do Morro Bella Vista, de onde se tem a vista da Baía Anchorena. A travessia para chegar até a ilha é feita por um barco que sai do Porto Pañuelo e passa pelo Bosque de Arrayanes.

 
  • Puerto Blest e Cascata de Los Cántaros: navegação em barco pelo Lago Nahuel Huapi, onde se observa aves e a Isla Centinela. Chegando ao Porto de Cántaros se caminha até a cascata do lago Los Cántaros e há como almoçar em Puerto Blest.

 
  • San Martin de Los Andes: a 190km de Bariloche, você percorre por estradas que passam pelos 7 lagos: Espejo, Correntoso, Escondido, Villarino, Falkner e Machónico; até chegar ao Lago Lácar, a margem do qual se encontra a cidade San Martín de los Andes. Entre montanhas e paisagens memoráveis, pode-se visitar o complexo turístico de Chapelco, as praias de Quila Quina e Catritre, e o caminho de Arrayanes, lugar do qual se tem uma lindíssima vista da cidade e do lago Lácar.

Reservar Aqui Aproveite nossas promoções!

Conheça também outros destinos da América do Sul

Galápagos

Ilha de Páscoa

Punta del Este